Petrópolis ganhará Sala de Leitura do Instituto Oldemburg

Projeto “Vamos Todos Ler” investe em estratégias pedagógicas para a implantação de bibliotecas em comunidades do Brasil promovendo a integração escola-comunidade

O Instituto Oldemburg de Desenvolvimento lança seu plano de ação de 2014 para o projeto Sala de Leitura, parceria com o Ministério da Cultura, com o patrocínio da Chocolates Garoto, da Brookfield e da NBS, que leva livros de todos os interesses para comunidades pelo Brasil afora. Com a missão Vamos Todos Ler, a iniciativa inaugura, nos próximos meses, vinte e seis bibliotecas comunitárias, em três estados: no Rio de Janeiro, no Morro Dona Marta, na cidade do Rio, e Petrópolis, na região serrana do Estado; em Minas Gerais, em Ouro Preto e no município de Recreio; e no Espírito Santo, na cidade de Vitória. Até o final do ano, serão 814 salas de leitura espalhadas pelo país.

Além de incentivar a leitura – com a disponibilização de um acervo de qualidade para crianças, jovens e adultos que normalmente não têm acesso ao livro –, o Sala de Leitura busca promover a integração do binômio escola-comunidade. Prioritariamente implantado em instituições educacionais, o projeto tem como objetivo principal fortalecer os laços de cooperação com a escola e fomentar polos culturais nas comunidades contempladas. Também são beneficiados pela iniciativa associações de moradores, centros culturais, ONGs, hospitais, unidades do sistema prisional, entre outras entidades públicas e sem fins lucrativos que tenham o compromisso de dar continuidade à operacionalização das salas.

O acervo de cada sala de leitura é composto por mil livros, abrangendo diversas faixas etárias e áreas de interesse, como: Literatura Brasileira, Literatura Estrangeira, Literatura Infantojuvenil, Ciências Sociais, História, Desenvolvimento Pessoal, Artes, Filosofia e Esporte.

O acervo de cada sala de leitura é composto por mil livros, abrangendo diversas faixas etárias e áreas de interesse, como: Literatura Brasileira, Literatura Estrangeira, Literatura Infantojuvenil, Ciências Sociais, História, Desenvolvimento Pessoal, Artes, Filosofia e Esporte.

Para aproximar o público da literatura brasileira, as salas de leitura homenageiam autores nacionais, tais como Dias Gomes, Graciliano Ramos e Rubem Braga, cujas obras estão presentes no acervo, e padrinhos como Antônio Torres, Guilherme Fiuza, Nélida Piñon, Augusto Boal, Heloisa Seixas, entre outros.

Saiba mais

O Sala de Leitura qualifica a mão de obra local para atuar nas bibliotecas por meio de estratégias pedagógicas pontuais: 1. Workshops para diretores e gestores públicos das instituições contempladas; 2. Capacitação de representantes da escola e da comunidade para atuarem como agentes de leitura indicados pelos gestores públicos; 3. Vivências Literárias, estratégia que visa a motivar a instituição receptora a planejar e realizar ações focadas na vida e na obra do autor homenageado; 4. Publicação do “Manual do Facilitador da Sala de Leitura”, material a ser utilizado no dia a dia do projeto.

“Além de atuarmos na construção do hábito da leitura, o projeto Sala de Leitura fortalece os laços de cooperação entre a instituição e a comunidade local, que ao receberem uma biblioteca com mil livros e se engajarem no processo de capacitação de agentes de leitura comunitários reforçam e ampliam sua atuação pública junto às suas comunidades”, explica Cristina Oldemburg, diretora executiva do Instituto Oldemburg de Desenvolvimento.

“Além de atuarmos na construção do hábito da leitura, o projeto Sala de Leitura fortalece os laços de cooperação entre a instituição e a comunidade local, que ao receberem uma biblioteca com mil livros e se engajarem no processo de capacitação de agentes de leitura comunitários reforçam e ampliam sua atuação pública junto às suas comunidades”, explica Cristina Oldemburg, diretora executiva do Instituto Oldemburg de Desenvolvimento.

Em 2003, o Sala de Leitura saiu do papel para ganhar projeção nacional. O que começou como uma doação de livros, evoluiu para uma série de ações de mobilização social, engajamento de gestores públicos e capacitação de agentes de leitura. Hoje, com mais de 800 espaços de leitura implantados no Brasil, o Instituto Oldemburg de Desenvolvimento tem mais de 4.600 instituições cadastradas formalmente, com cartas de solicitação para  receber as bibliotecas. Mais de 20 grandes empresas já patrocinaram a entrega de salas de leitura e mais de 200 órgãos públicos envolvidos na identificação de oportunidades para doação de acervo apoiam a implantação do projeto concebido em sintonia com o Plano Nacional do Livro e Leitura.

Anúncios

Sobre O interior do Rio

Um entusiasta do interior do Estado do Rio e de seus valores. O desenvolvimento começa aqui.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s