Pezão sobre segundo turno: “Vou continuar debatendo o futuro do Rio”

Governador-candidato comemorou os 41% dos votos, agradeceu à população e anunciou que irá conversar com todos os partidos políticos.

Era pouco mais das oito horas da noite deste domingo (05/10), quando o candidato à reeleição ao Governo do Estado, Luiz Fernando Pezão, chegou ao salão de eventos de um hotel no Flamengo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, para falar com a imprensa após a confirmação de que foi o mais votado no primeiro turno das eleições, com 40,57% dos votos. Pezão agradeceu à população do estado pela confiança e disse que, no segundo turno, vai continuar debatendo o futuro do Rio de Janeiro e apresentando propostas. O candidato ainda anunciou que irá, nos próximos dias, conversar com partidos políticos.

Pezão_05.10_01

“Quero agradecer especialmente à população do Estado do Rio pela confiança, por essa liderança. Eu não tenho palavras para agradecer tanto carinho. Sentia isso nas ruas. Nos últimos dias visitei 18 cidades. Era uma euforia, uma alegria. Despertar esse sentimento e chegar com essa aprovação, mais de 3 milhões de votos é motivo de muita alegria. A população reconheceu o trabalho do nosso governo”, afirmou.

Pezão vai disputar o segundo turno contra o senador Marcelo Crivella (PRB), que obteve 20,26% dos votos. Quando questionado sobre os rumos da campanha nessa próxima etapa e as possíveis alianças para enfrentar o adversário, Pezão foi cauteloso, mas adiantou que irá conversar com todos os partidos.

“A gente tem muitas conversas programadas. Eu me relaciono bem com todo mundo e vou procurar todos os partidos. Mas está muito cedo ainda. Vamos esperar um pouquinho. Vou conversar, principalmente, com a população”, disse Pezão.

Já sobre o seu concorrente, Pezão disse que estava preparado para enfrentar qualquer adversário. O candidato lembrou os ataques sofridos durante todo o primeiro turno e falou que espera uma nova etapa, acima de tudo, propositiva.

“Eu apanhei de quatro no primeiro turno, agora vou apanhar de um só. Fui castigado em cinco debates. Qualquer um deles seria difícil de enfrentar. Para eu chegar no segundo turno também. Nada na minha vida foi fácil. Espero que a gente debata o futuro, já que no primeiro não vi nada de nenhum deles. Quero discutir o futuro mostrando propostas e sempre farei isso”, afirmou.

Pezão ressaltou que vai manter o seu estilo, e que as urnas mostraram que a população não tolera o tipo de política utilizado por seus concorrentes até agora.

“Nunca briguei na política. Não vale a pena brigar. O mandato é passageiro. Gosto de ser proativo. A população não tem tempo a perder com briga. Eles perderam tempo me atacando. Esse temperamento na politica já se mostrou passado. A população brasileira não gosta disso”, reforçou.

Anúncios

Sobre O interior do Rio

Um entusiasta do interior do Estado do Rio e de seus valores. O desenvolvimento começa aqui.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s